18/01/2013 às 08h27min - Atualizada em 18/01/2013 às 08h27min

Depois de 7 horas de espera, homem que sofreu picadas de abelha morre no HU de Londrina

Fontes: www.anuncifacil.com.br - r7.com

 

Aparecido Gouveia Terra, de 56 anos, não resistiu as mais de 3 mil picadas de abelha e morreu na noite de quarta feira (16), às 22h26 no Hospital Universitário de Londrina. Terra foi levado ao HU por socorristas do Siate por volta das 15h. Ele foi atendido no Pronto Socorro e recebeu medicação por conta do choque anafilático.

Durante a tarde e a noite, o senhor de 56 anos aguardou a transferência para um dos leitos da UTI que permaneceu lotada, mas ele faleceu depois de sete horas de espera.

A assessoria de imprensa do HU informou que Aparecido Gouveia Terra morreu devido ao choque anafilático. De acordo com a assessoria, o paciente recebeu cuidados de UTI na ala do Pronto Socorro. Ele foi entubado e medicado. O hospital informou ainda, por meio da assessoria, que o Pronto Socorro tem estrutura para atender casos encaminhados à Unidade de Terapia Intensiva e, por isso, a espera pela vaga não teria agravado ainda mais o caso.

Todos os 17 leitos da UTI adulto estavam lotados na noite de ontem, situação frequente no HU de Londrina. Uma nova ala de UTI com dez leitos foi inaugurada no primeiro semestre do ano passado. Os equipamentos também já foram adquiridos, mas os diretores do hospital aguardam a contratação de 70 funcionários para dar início às atividades no local. Enquanto isso, alguns equipamentos já são utilizados em outros setores do HU.

De acordo com a Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina (Acesf), o corpo de Aparecido Gouveia Terra vai ser velado na cidade de Bela Vista do Paraíso (40 km ao norte de Londrina).

 

 

 

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »