10/01/2013 às 17h57min - Atualizada em 10/01/2013 às 17h57min

Três pessoas permanecem reféns de mototaxista em Joaquim Távora

tanosite.com.br

Três pessoas da mesma família permanecem reféns de um homem armado dentro de uma casa na Vila Nova, em Joaquim Távora (Norte Pioneiro) desde às 7 horas. Joílson Ferreira, 27 anos, morador de Curitiba, iniciou uma discussão com a ex-mulher Lidiane Soares, 27, e, em seguida, se trancou dentro da casa onde ela mora. Os outros reféns são o filho do casal Nicolas Emanoel Soares Ferreira, 4 anos, e Lídia Mathias Soares, 65. Luana Soares de Souza, 13, sobrinha de Lidiane, foi solta pelo sequestrador por volta das 15 horas. Outra que estava na casa era Julia Stephani Soares Miranda, 11 anos, filha de Lidiane. Por sorte, ela dormia em um quarto externo e conseguiu ser resgatada pelos policias às 11h05.

Cerca de 20 policiais do 2º Batalhão da Polícia Militar e da Polícia Civil iniciaram as negociações com Ferreira até a chegada de uma equipe do Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar. Para a polícia, Ferreira contou que possui uma pistola calibre 380, um revólver calibre 38 e uma suposta bomba caseira. A tia de Lidiane, Sueli Soares, que acompanhava as negociações, contou que Ferreira nunca aceitou a separação e queria que ela voltasse a morar com ele.

Policiais revelaram que as negociações estavam complicadas. Ferreira chegou a mencionar que "não viria de tão longe para nada" e, por várias vezes, fez questão de lembrar o caso de Lindemberg Alves, que em outubro de 2008, matou a ex-namorada Eloá Pimentel na Grande São Paulo.

Por volta das 16h30, a ernergia elétrica que havia sido desligada após determinação do COE foi restabelecida depois de acordo com o sequestrador para continuar as negociações.

Segundo informações, o homem, que é mototaxista em Curitiba, possui bastante munição, além de uma bomba caseira.

Policiais do Esquadrão Anti-bombas também estão envolvidos nas negociações.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »