08/11/2012 às 13h17min - Atualizada em 08/11/2012 às 13h17min

Avião carregado com dinheiro cai em área rural de Almirante Tamandaré

http://www.parana-online.com.br/

 

Piloto, copiloto e um segurança morreram na queda do avião que fazia voo fretado para a empresa Brinks, por volta das 17h30 de ontem. O quarto tripulante, o também segurança, identificado apenas como Wilmar, foi levado em estado grave para o Hospital do Trabalhador, mas não resistiu e morreu na madrugada. O bimotor Shayene, da Hércules Táxi Aéreo, transportava valores de Dourados, Mato Grosso do Sul para o aeroporto do Bacacheri.

O avião caiu na zona rural de Almirante Tamandaré, próximo à estrada do Morro Azul, a cerca de 15 quilômetros do destino. Para acessar o ponto onde estavam os destroços do avião as equipes de resgate enfrentaram mais de dois quilômetros de estrada de chão.

Árvore

Segundo testemunhas, o avião teria batido na copa de uma árvore, perdido o controle e caído de bico. Policiais militares do 17.º Batalhão e bombeiros isolaram a área para evitar que o vazamento de combustível de um dos tanques provocasse uma explosão. Os corpos, não identificados no local do acidente, só foram retirados do interior da aeronave depois que todo o dinheiro foi retirado e o vazamento, controlado. A quantia transportada não informada pela Brinks.

De acordo com declaração do representante do Cindacta, major-aviador Marcos Antônio dos Santos ainda é difícil precisar o que provocou a queda. “Pode ter havido problema mecânico ou o piloto pode ter passado mal. Qualquer hipótese apontada agora é mera especulação”. Em três meses, com base na perícia feita no local, o Seripa (Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) irá divulgar relatório sobre a causa do desastre.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »