26/09/2012 às 13h31min - Atualizada em 26/09/2012 às 13h31min

Russa recobre casa com 30 mil tampas de garrafas recicladas

http://blogs.discoverybrasil.uol.com.br

 

Em uma região remota próxima à taiga da Sibéria, ninguém esperaria ver a explosão de cores gerada por uma enorme coleção de tampinhas de garrafas recicladas, dispostas em um único lugar. Mas Olga Kostina, uma mulher aposentada que mora no vilarejo de Kamarchaga, fez exatamente isso – colecionou meticulosamente tampinhas de garrafas ao longo de vários anos, decorando as paredes externas de sua casa com coloridos padrões em mosaico.

Segundo Oddity Central e Yahoo Canadá, cada uma das tampinhas foi martelada nas paredes à mão, seguindo padrões tradicionais de macramé – na verdade, uma técnica têxtil que utiliza nós em vez de entremear os fios, aplicada neste caso às tampinhas de plástico. O resultado são lindos desenhos e representações dos animais selvagens da região.

A casa de Olga se tornou uma curiosidade local, e ela pretende recobrir os outros imóveis de seu terreno da mesma forma. É claro que nenhuma casa de campo de tampinhas estaria completa sem um adorável desenho de gatinho:

É uma forma adorável de reutilizar o plástico de maneira duradoura e chamativa, em vez de jogá-lo em aterros sanitários e oceanos. Assim como a casa com 5 mil garrafas de vidro construída por outra brava mulher russa, e a resistente casa de garrafas de plástico na Nigéria, são muitas as possibilidades de reciclagem de materiais e técnicas de construção alternativa – só é preciso ter um pouco de imaginação.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »