18/09/2012 às 09h49min - Atualizada em 18/09/2012 às 09h49min

Menino de três anos é violentamente agredido

Mãe é de Foz do Iguaçu e criança estava na casa do namorado dela, que é estagiário em uma escola de Cascavel...

cgn.uol.com.br

 

Todos os tipos de ferimento marcados no corpo frágil de um menino de três anos e cinco meses. Feridas, queimaduras, hematomas, escoriações, marca de solado de chinelo ou sapato e os olhos mais tristes do mundo. Foi esta situação encontrada pelo Conselho Tutelar na noite do último sábado (15), ao atender a uma denúncia no Bairro Consolata. A criança foi levada à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e depois transferida ao Hospital Universitário, onde segue internada.

Segundo os vizinhos que fizeram a denúncia, quando eles avistaram a criança, um cachorro lhe lambia as feridas. O menino teria escapado em direção à rua enquanto o único adulto da casa onde ela estava dormia – o namorado da mãe da criança. A mãe seria de Foz do Iguaçu e ninguém sabe há quantos dias o menino estava na casa. A equipe que a socorreu e o Conselho Tutelar afirmam nunca terem visto um caso tão grave quanto este. As informações ainda são desencontradas e o caso de mostra um grande quebra-cabeças.

O namorado da mãe da criança – estagiário de uma escola de educação infantil – afirmou que teria trazido a criança na sexta-feira a pedido da mãe do menino, mas que este já apresentava as lesões. Ele teria afirmado que ficou com medo de levar a criança ao socorro por não ter nenhum grau de parentesco com o menino.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »