17/09/2012 às 16h13min - Atualizada em 17/09/2012 às 16h13min

Bandeirantes - A imagem de São Miguel já está no topo do edifício e brilha atraíndo curiosos

Portal JNN

A imagem de São Miguel Arcanjo já está no topo do edifício que serve de base para a estátua no santuário em homenagem ao santo em Bandeirantes (32 Km de Cornélio Procópio) . A operação para içar a imagem que foi construída no próprio santuário foi realizada ontem pela manhã. O trabalho começou pouco antes das oito horas e demorou cerca de duas horas.

A imagem foi levantada por um superguindaste e outro que serviu de apoio. A primeira etapa do trabalho foi deixar o santo em pé e depois soltar os cabos de aço, que foram fixados em quatro suportes de concreto por medida de segurança. A colocação dos cabos é necessária porque o santuário se localiza em um morro onde é comum a incidência de ventos.

Às 10 horas, a estátua começou a ser levantada. Vários homens seguravam parte dos cabos de aço para não deixar que a estátua girasse com a força dos ventos, que dificultou um pouco mais a ação. A parte mais delicada da operação foi colocar a imagem no lugar certo do topo do edifício.

A estátua ficou com 19,20 metros que, somados aos 18,50 metros do edifício, totalizam 37,70 metros de altura, um número bem próximo ao tamanho da imagem do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, que tem 38 metros. A estátua foi pesada no momento da colocação e atingiu 15 toneladas, contando, inclusive, os cabos de aço que servem de sustentação.

O padre Roberto Morais Medeiros, responsável pelo santuário, acompanhou todos os detalhes da operação, que classificou como uma etapa importante da obra em seu conjunto. Para ele, este foi um ''momento histórico''.

A operação também foi acompanhada por dezenas de fiéis e curiosos. A inauguração do santuário será no próximo dia 29 deste mês, a partir das 18 horas, em cerimônia a ser presidida pelo bispo de Jacarezinho, dom Antônio Braz Benevente.

A obra e o artista

A estátua de São Miguel Arcanjo foi totalmente construída pelo caldeireiro Cleber Carlos dos Santos, de 30 anos. Habituado à montagem de máquinas industriais, ele diz que nunca havia produzido uma obra de arte e muito menos uma peça de arte sacra.

O trabalho de Santos no santuário começou em fevereiro do ano passado, quando foi convidado para fazer uma estátua de São Miguel Arcanjo para ficar no altar do santuário. Esta imagem, com 3,80 metros de altura, foi montada em seis meses e serviu de base para o trabalho maior.

O caldeireiro lembra que a construção da estátua maior começou no dia 25 de agosto do ano passado. Embora tenha sido o responsável pela obra, ele contou com a ajuda de um auxiliar para dar conta do trabalho. A obra só foi concluída no começo do mês, quando foi marcada a data para a colocação da estátua no prédio que serve de base.

O artesão não sabe ao certo quantas peças foram cortadas, mas calcula que tenham sido bem mais de mil. O número de chapas de aço usadas na obra, entretanto, ele sabe de cabeça: foram 330 chapas de 3 metros de comprimento por 1,2 metro de largura.

Toda a estátua foi montada com aço inox e aço carbono para a parte interna. A principal vantagem do aço inox é que o material não está sujeito à ferrugem.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »