31/08/2012 às 14h24min - Atualizada em 31/08/2012 às 14h24min

Enterro de galinha de estimação atrai curiosos

Galinha de estimação foi roubada e trocada por duas pedras de crack; donas do animal lhe deram velório e enterro.

JP online

A cidade de Patos vivenciou um acontecimento atípico na tarde de ontem com a realização do velório e sepultamento de uma galinha de estimação, que foi roubada da residência de suas donas, Genecira de Oliveira e sua filha Suzana, na semana passada. Dias após o roubo, o animal acabou morrendo, provavelmente pela mudança de habitat.
O animal de estimação, criado com todo mimo e chamado pelo nome de Rafinha, fora trocado por duas pedras de crack e, mais tarde, vendido ao dono de uma granja nas adjacências da área urbana, conforme apurou a polícia depois de prender o acusado do crime, Valderlan José da Silva, que já foi transferido para o Presídio Regional Romero Nóbrega.
Uma das donas chegou a ser internada com depressão e, ao tomar conhecimento de que Rafinha estava morta, resolveu lhe proporcionar um velório, em sua própria residência, com direito a caixão e grinalda. Um grande cortejo, com a participação de milhares de pessoas, incluindo autoridades constituídas, seguiu da residência situada na rua Panatis, no bairro Belo Horizonte, para o Cemitério São Miguel. (Colaborou Damião Lucena).


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »