10/02/2012 às 12h56min - Atualizada em 10/02/2012 às 13h25min

Trabalhador morre durante trabalho em poste no Jardim Nova Esperança

Fatalidade

 

Trabalhador morre durante trabalho em poste no Jardim Nova Esperança




Socorristas do SIATE de Cornélio Próprio foram acionados na manhã de quinta feira (9), por volta das 9h34, para atender uma ocorrência de descarga elétrica, onde um trabalhador teria sido eletrocutado durante trabalho realizado em um poste da rede elétrica, na R. Rouxinol, no Jardim Nova Esperança

 
Chegando ao local os socorristas encontraram a vítima pendurada no poste inconsciente, com os companheiros a sua volta. A rede elétrica ainda não havia sido desligada pela compania concessionária responsável pelo abastecimento de energia da região, a COPEL. Visando a segurança, os socorristas em análise da área do acidente, repararam que o socorro era possível, visto que a vítima estava afastada dos cabos, iniciando assim o resgate.

 
Com ajuda de equipamentos, os bombeiros subiram no poste e conseguiram chegar até o trabalhador, que apresentava parada cardiorrespiratória. A vítima foi retirada do poste e ao chegar ao chão os socorristas iniciaram o processo de ressucitação e a encaminharam com extrema urgência a Santa Casa. A massagem cardíaca não cessou durante o caminho para o hospital e a luta dos bombeiros em salvar a vida do homem não parou mesmo quando a vítima chegou ao hospital, sendo acompanhada pelos médicos posteriormente.

 
Ouvindo depoimentos dos companheiros de trabalho da vítima e analisando a área do acidente, os bombeiros acreditam que o trabalhador não foi eletrocutado e sim sofreu um enfarto cardíaco fulminante, visto que segundo relatos, durante o trabalho o homem gritou, colocou a mão no peito e perdeu a consciência. O local de trabalho também não oferecia risco de choque elétrico, pois o serviço era realizado abaixo dos cabos de alta tensão nos cabos de telefone.
 

Infelizmente Vilmar Marcon, 50, a vítima, faleceu na Santa Casa, onde apesar da incansável luta dos médicos e dos socorrista para manter o homem com vida, não foi possível salvá-lo. Os clínicos farão exames no coração do trabalhador para constatar se realmente ele foi vítima de choque elétrico ou sofreu o ataque cardíaco, como acreditam os socorristas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »