16/01/2012 às 07h26min - Atualizada em 16/01/2012 às 07h26min

Diferentes, Flamengo e Corinthians empatam por 2 a 2 em Londrina

Com titulares em ação na primeira etapa, Timão joga melhor, abre dois gols de vantagem, mas vê garotada rubro-negra reagir no segundo tempo

globoesporte.globo.com

Em tempos distintos, Flamengo e Corinthians empataram por 2 a 2, em amistoso disputado neste domingo, no estádio do Café, em Londrina-PR. Com os titulares em campo, o Timão fez valer o maior entrosamento para abrir dois gols de vantagem no primeiro tempo, com Alex e Liedson. Na etapa final, porém, com os times reservas em campo, a garotada rubro-negra reagiu e igualou o placar, com o argentino Bottinelli e Negueba.

O Flamengo encerra a fase de preparação no interior do Paraná sem um caminho traçado. O técnico Vanderlei Luxemburgo e 16 jogadores viajam nesta segunda-feira para a Bolívia, onde enfrentam o Real Potosí, dia 25, pela fase preliminar da Taça Libertadores. Sem receber há cinco meses, Ronaldinho Gaúcho está na relação de atletas, mas decidirá se segue com o grupo apenas momentos antes do embarque. Ele aguarda pelo pagamento R$ 3,75 milhões.

Já o Corinthians continuará sua pré-temporada em São Paulo. Na quarta-feira, o Timão enfrenta a Portuguesa, às 21h (horário de Brasília), no Pacaembu, em partida que marcará a entrega das faixas aos campeões das Séries A e B em 2011. A estreia no Campeonato Paulista está marcada para o próximo dia 21, contra o Mirassol, também em São Paulo.

Corinthians domina e abre 2 a 0
O maior entrosamento e a permanência de todos os titulares campeões brasileiros fizeram a diferença a favor do Corinthians no primeiro tempo. A marcação adiantada no campo de ataque, característica da equipe em 2011, atrapalhou ainda mais a já confusa defesa do Flamengo, que aceitou a pressão para jogar nos contra-ataques, mas errou em demasia no setor ofensivo.

Itamar, nova aposta de Vanderlei Luxemburgo para a camisa 9 rubro-negra, foi o maior exemplo disso ao perder um gol incrível logo aos 11 minutos. Com suas peças avançadas, o Timão abriu espaços na defesa, mas os cariocas não souberam aproveitar. Em cruzamento pela direita de Renato, o centroavante apareceu livre na pequena área e cabeceou para fora.

As falhas defensivas não foram exclusividade do Corinthians. Um presente de Airton colocou os paulistas em vantagem, aos 25. O volante errou passe na entrada da área e deu a bola de presente para Alex. Com muita categoria, o reforço mais caro do Timão em 2011 (R$ 14 milhões) bateu com categoria, no canto direito alto de Felipe. Golaço!

O Flamengo tentou reagir, mas teve pouca força no ataque. Ronaldinho e Deivid estavam em uma tarde discreta. O melhor lance foi em um cruzamento de Junior Cesar que desviou em Danilo e obrigou Julio Cesar a espalmar para escanteio. No mais, só deu Timão. Danilo parou em Felipe com um chute forte pela esquerda. Coube a Liedson, aos 45, receber na área, proteger a bola e bater rasteiro no canto direito baixo para fazer 2 a 0.

Bottinelli, sempre ele!
Os times voltaram para a etapa final com 11 alterações cada. Sem o mesmo entrosamento, a superioridade do Corinthians acabou, e o Flamengo passou a controlar o jogo. Com mais velocidade no setor ofensivo, o Rubro-Negro avançou e aproveitou os espaços dados pela defesa rival. 

A estrela do argentino Bottinelli voltou a brilhar em Londrina. Autor de dois gols em dois jogos no estádio do Café, o jogador deixou sua marca novamente e deu início à reação carioca. Aos 22 minutos, ele recebeu belo passe de Lucas nas costas da zaga e tocou bonito na saída de Danilo Fernandes.

Adriano, que pela primeira vez atuou por um tempo completo com a camisa do Corinthians, decepcionou. Apesar dos elogios feitos pela comissão técnica, o jogador mostrou que continua fora de forma e muito abaixo tecnicamente. Com ele preso entre os zagueiros, o Timão não levou perigo em nenhum momento.

Melhor para o Flamengo, apostando na velocidade dos homens de frente. O gol de empate veio aos 35. O recém-contratado Magal cruzou da esquerda e Negueba, livre de marcação, bateu rasteiro. Aos 45, o atacante ainda teve a chance de virar o jogo, mas desperdiçou uma chance incrível. Em contra-ataque, ele apareceu livre na área e errou feio ao tentar encobrir o goleiro Danilo Fernandes.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »