16/11/2011 às 15h58min - Atualizada em 16/11/2011 às 15h58min

Anvisa proíbe alimentos à base de Aloe vera

Conhecida popularmente como babosa, planta é indicada para emagrecimento, mas não há nenhum registro para esse fim

RADIO CORNELIO AM

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda, fabricação e importação de alimentos e bebidas à base de Aloe vera. De acordo com o órgão, não há comprovação da segurança do uso do componente e nem registro para esse fim. A restrição foi publicada ontem no Diário Oficial da União.

A aloe vera é uma planta conhecida popularmente como babosa. É usada principalmente em produtos para o cabelo, mas recentemente também era encontrada em bebidas e alimentos, inclusive com função de emagrecimento. Por se encaixar na categoria de ”novos alimentos”, a planta precisa se submeter ao registro da Anvisa para poder ser comercializada com esse fim.

Em Londrina duas lojas de produtos naturais, entrevistadas pela reportagem, vendem bebidas de Aloe vera. O proprietário de uma pequeno mercado no centro da cidade, que preferiu não se identificar, recebeu com surpresa a decisão da Anvisa. ”Há mais de dez anos vendo o produto. Muita gente elogia. Essa decisão nao dá para entender”, comentou ele, que soube através da reportagem a proibição da Vigilância Sanitária e retirou em seguida o produto da prateleira, uma espécie de suco energético chamado Oli-vera.

O produto é fabricado em Santa Catarina. A reportagem entrou em contato com a empresa mas o proprietário estava viajando. No site a empresa define que o ”suco vegetal energético, elaborado com extrato natural puro de Aloe vera orgânica e estabilizada para garantir sua qualidade. Foi desenvolvido após muitos anos de pesquisa”

A vendedora de uma outra loja de produtos naturais em Londrina já sabia da decisão da Anvisa quando a reportagem entrou em contato ontem. ”A gente recebeu um e-mail agora pouco da matriz em relação a isso (proibição)”. De acordo com a vendedora, que também não se identificou, o produto é muito procurado. ”A gente tem o suco de 1,5 litro, mas como é muito vendido só tem algumas garrafas. Eu mesmo tomo há uns 5 meses, faz bem para limpar o intestino, fígado”, comentou.

A nutricionista Silvia Regina Serra comentou que recomenda o suco de Aloe vera para ”limpeza do intestino e do fígado. É bom para desintoxicação. Mas eu só recomendo o suco de uma empresa americana, pois o Aloe vera é tóxico, não pode ser tomado indiscriminadamente. Mas essa empresa americana faz a separação da babosa e produz o suco”, afirmou. Silvia também não sabia da decisão da Anvisa até o contato da reportagem.

De acordo com a resolução da Anvisa, o uso da aloe vera é regulamentado apenas como aditivo na função de aromatizantes de alimentos e bebidas, o que continua sendo permitido


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »