28/10/2011 às 09h26min - Atualizada em 28/10/2011 às 09h26min

Procopense forja o próprio sequestro, pede resgate ao patrão e gasta o dinheiro com prostitutas em Bandeirantes

www.cornelionoticias.com.br

A Polícia de Bandeirantes prendeu na última quarta-feira (26) quatro pessoas envolvidas em um falso sequestro e com o tráfico e uso de drogas. Vanderlei Rangel Pedro, 28 anos (falso sequestrado), Francyelle Pereira da Silva, 23 anos, Sandra Cristina Pavinato, 36 anos e Émerson Romualdo Vitor Silva, 27 anos, foram localizados no interior de uma casa na cidade de Bandeirantes.

Na casa, ainda foram apreendidas cerca de 25 pedras de crack sendo embaladas e preparadas para a venda, um simulacro de arma de fogo, 410 reais depositados pelo empregador da falsa vítima, como forma de obter a “libertação” de seu funcionário.   

Os cinco infratores foram conduzidos junto aos ilícitos apreendidos para a delegacia onde responderão por falsa comunicação de sequestro mediante extorsão e tráfico de drogas.

Segundo capitão Busnelo, comandante da Polícia Militar em Bandeirantes, Ronaldo Santo Vilar, 38 anos, patrão de Vanderlei efetuou o depósito na conta de Francyelle que fez ameaças de incendiar o carro da empresa, que no momento estava com a suposta vítima, Rangel.

"Eu recebi a informação da P.2 de Cornélio e começamos a investigar. Chegamos a Zona do Baixo Meretrício e encontramos a ´vítima´ bem soltinha," comentou.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »