27/07/2011 às 11h50min - Atualizada em 27/07/2011 às 12h02min

Ponte estaiada sobre o Rio Tietê é inaugurada

CET, no entanto, não tem previsão de quando o tráfego será liberado. Segundo a Dersa, estrutura recebeu pintura com verniz antipichação.

G1
A ponte estaiada construída sobre o Rio Tietê, nas proximidades do Anhembi, na Zona Norte de São Paulo, foi inaugurada por volta das 10h desta quarta-feira (27). De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), somente depois que o palco usado para a cerimônia de inauguração for desmontado é que a ponte será liberada para o tráfego. Não há previsão de horário. Batizada de Governador Orestes Quércia, a ponte faz parte das obras de expansão da Marginal Tietê. A construção liga a Avenida do Estado à pista central da marginal, ao lado do Pavilhão do Anhembi, no sentido Rodovia Castello Branco. A inauguração foi feita sem uma ligação com o Bom Retiro, na região central. O evento contou com políticos de diversos partidos, principalmente do PMDB, entre eles o vice-presidente Michel Temer. Os ex-governadores José Serra, Alberto Goldman e Paulo Maluf, o atual governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o prefeito Gilberto Kassab, a viúva de Orestes Quércia, dona Alaíde, e os filhos do político, que morreu em dezembro do ano passado, também estiveram na cerimônia, assim como os senadores Eduardo Suplicy e Aloysio Nunes. Segundo Alckmin, a obra irá reduzir em 15 minutos o trajeto de quem vem do ABC e, por dia, deverá receber cerca de 20 mil veículos. “É mais qualidade de vida para a população, trará fluidez ao trânsito, segurança e conforto”, disse. O vice-presidente ressaltou a história de vida de Quércia e fez um paralelo entre a obra e o político. “Quércia foi uma ponte entre o povo mais humilde e o poder”, afirmou Temer. Estrutura De acordo com a Dersa, empresa responsável pela obra, a ponte tem 660 metros de comprimento, 15,20 metros de largura e 88 estais, que são os cabos de sustentação. Os estais da Ponte Governador Orestes Quércia são feitos de aço inoxidável e têm capacidade de sustentação variando entre 200 e 500 toneladas. Os pilares da ponte são feitos de concreto armado, coberto com uma proteção de verniz especial antipichação. Segundo a Dersa, a nova ponte irá aumentar a fluidez do fluxo em cerca de 20 mil veículos por dia. A Ponte Governador Orestes Quércia é a segunda de São Paulo a ter estais para sustentação. A primeira, a Ponte Octavio Frias de Oliveira, foi construída sobre o Rio Pinheiros e inaugurada em 2008. Confira as Fotos:
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »