16/07/2011 às 09h31min - Atualizada em 16/07/2011 às 09h31min

Detran reprova mais da metade dos candidatos em Londrina

Cidade é a quarta do Estado em reprovação no teste prático, à frente de Curitiba, Maringá, Cascavel e outras cidades da região norte

Bonde.com.br
Ter em mãos a carteira nacional de habilitação é um dos principais desejos dos jovens que completam 18 anos ou de quem consegue comprar seu primeiro veículo. Para isto, é necessário passar pela auto escola e realizar exames exigidos pelo Detran: psicotécnico, teórico e prático. Na hora de ser avaliado por examinadores em situações semelhantes às que encontrarão nas ruas, muitos candidatos a motoristas 'tremem na base' e acabam reprovados. Segundo levantamento do Detran, Londrina tem uma das maiores taxas de reprovação do Estado na prova prática, com taxa de 52,61%, atrás apenas de Ivaiporã (55,10%), Prudentópolis (53,73%) e Cambará (52,73%). A média estadual de reprovação é de 42,32%. Os dados se referem aos primeiros quatro meses deste ano, quando 9.169 fizeram o exame prático em Londrina. Na prova teórica, a reprovação é de 38,20%. Segundo o diretor do Detran em Londrina, Márcio Sandoval, vários fatores colaboram para a alta taxa de reprovados. "O índice de nervosismo é grande, o aluno chega aqui com a parte psicológica bem alterada", relata, lembrando que muitos candidatos ignoram a etapa de preparação. "Às vezes as 20 horas/aula não são suficientes para deixar o aluno em condições de fazer o exame. Muitas vezes a própria auto escola alerta que ele não está preparado, mas mesmo assim insiste em fazer". Sobre a prova teórica, Sandoval diz que os candidatos se apegam muito às questões presentes no simulado existente no site do Detran. "Ali são só 500 perguntas, funciona como um treinamento, uma amostragem. Mas nossa base é de três mil perguntas", explica. Questionado se há algum tipo de 'pressão' por parte dos examinadores, o diretor foi taxativo: o procedimento adotado é padrão em todo o Estado. "São três alunos por carro. O examinador chama, faz orientação de como é o exame e deseja boa sorte. Não existe nenhuma pressão", garante. Confira a taxa de reprovação do exame prático na região de Londrina e principais cidades do Estado: Londrina 52,61% (9169) Curitiba 46,15% (66.856) Maringá 43,37% (7.900) Cascavel 40,95% (6.913) Cambé 40,70% (2.032) Bela Vista do Paraíso 37,32% (284) Foz 36,32% (4.507) Rolândia 28,73% (1.208) Ibiporã 23,63% (826) Assaí 20,42% (475) Sertanópolis 16,42% (408)
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »