20/05/2010 às 13h31min - Atualizada em 20/05/2010 às 13h31min

Zagallo elogia Dunga, mas diz que levaria Adriano para a Copa

fonte: R7 Zagallo elogia Dunga, mas diz que levaria Adriano para a Copa Ex-técnico ressalta coerência e bons resultados do atual comandante da seleção Aos 78 anos, Mário Jorge Lobo Zagallo não abandona o estilo patriótico que o marcou nas sete Copas do Mundo em que esteve a serviço da seleção brasileira - duas como jogador, três como treinador e duas como coordenador técnico. Em 2010, vai ver o Mundial da África do Sul pela televisão e se diz torcedor número um do técnico da seleção brasileira, Dunga. O Velho Lobo faz questão de elogiar a coerência do técnico e se lembra dos títulos conquistados em quase quatro anos à frente da seleção: a Copa América e a Copa das Confederações. Faz um reparo sobre a convocação, no entanto: teria convocado Adriano para o torneio na África do Sul. Leia abaixo os principais trechos da entrevista de Zagallo ao R7 por telefone. R7: O que achou da convocação da seleção brasileira? Zagallo: Eu acho que o Dunga foi coerente. Acompanho a carreira dele desde que começou e torço por ele. Ele fez um trabalho de três anos e meio e não poderia jogar tudo fora. Futebol é resultado, e isso ele sempre conseguiu. Ganhou a Copa América, a Copa das Confederações e ainda conseguiu vitórias contra Portugal e Itália. Mas, pra você não pensar que eu concordo com tudo, eu teria chamado o Adriano. É um jogador experiente, que já disputou uma Copa do Mundo e tem muita força física. Acho que ele poderia até ser titular. Os problemas que ele teve fora de campo foram no Flamengo, não na seleção. R7: O Dunga não chamou jogadores como Neymar e Paulo Henrique Ganso alegando que eles nunca jogaram na seleção. Concorda com esse argumento? Zagallo: O problema é que eles começaram a se destacar muito em cima da Copa do Mundo. No ano passado, os dois eram reservas no Santos. O Dunga preferiu manter o trabalho feito antes. Se o Ganso e o Neymar tivessem jogando bem no ano passado, com certeza teriam sido convocados. R7: Quem poderia ser o substituto de Kaká durante a Copa entre os 23 jogadores convocados? Zagallo: Você pode ter certeza que o Dunga já tem na cabeça o que fazer caso precise. Não quero dar uma de palpiteiro. Muito se fala do Ronaldinho Gaúcho, mas ele não está acostumado a ser meia. Joga no ataque do lado esquerdo, quase como um ponta. R7: O discurso patriótico do Dunga na entrevista após o anúncio dos 23 convocados foi inspirado em você? Zagallo: Talvez. Eu não vejo razão nenhuma de torcer contra a pátria, contra a “amarelinha”. É preciso ter em mente que quem está no topo sempre será muito criticado. Mas tenho certeza que a torcida está com o Dunga. R7: O Dunga já avisou que vai preservar a seleção o máximo que puder da imprensa e da torcida durante a preparação. Acha correta essa postura? Zagallo: O Dunga esteve na Copa do Mundo em 2006 [foi comentarista de televisão] e observou a bagunça que foi o período de preparação na Suíça. Um clima de euforia muito grande. Éramos tratados como campeões antes de o torneio começar. Acho que ele não quer que se repita o mesmo clima. R7: Você acha que o técnico Carlos Alberto Parreira consegue levar a África do Sul pelo menos até as oitavas de final da Copa? Zagallo: É difícil, mas estou torcendo por ele. Qualquer um dos times [França, Uruguai, México e África do Sul] pode se classificar.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »