06/05/2010 às 14h27min - Atualizada em 06/05/2010 às 14h27min

Crise grega se agrava e preocupa europeus

Para a UE e o Fundo Monetário Internacional, todo o bloco poderá sofrer as consequências

Foto: Divulgação
Com a ameaça de um contágio financeiro generalizado, a crise europeia se aprofunda e o caos nos mercados se transforma em mortes e instabilidade social na Grécia. Para a UE e o Fundo Monetário Internacional (FMI), se o plano de resgate à Grécia não funcionar, as consequências serão sentidas por todo o bloco.

Em entrevista à JP, ex-ministro e professor Delfim Neto, afirmou que é muito difícil da Grécia conseguir resolver o seu problema, sem dar um calote. “Mesmo com a taxa de juros beneficiada, se alguns cálculos foram feitos, pode-se notar que ela é impraticável, pois não tem condições de saudar sua dívida”.

A constante preocupação com a situação da Grécia, e as dúvidas sobre um eventual aumento dos problemas na zona do euro fizeram com que as principais bolsas de valores asiáticas fechassem com expressiva queda o pregão desta quinta-feira.

Sobre o pacote de estímulos de exportações anunciados pelo governo brasileiro, o ex-ministro explicou que foi uma atitude ótima, já que o “país está acordando neste momento”.governo anunciou nesta quarta-feira, medidas para incentivar as exportações brasileiras, que incluem a devolução de 50% de créditos tributários acumulados em até 30 dias e a criação do EximBrasil, uma agência para financiar as vendas externas.

Fonte: Jovem Pan Online.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »