04/05/2010 às 09h55min - Atualizada em 04/05/2010 às 09h55min

Corintianos preparam faixa que traz Adriano com chifres

Adriano não terá vida fácil no jogo de quarta-feira, no Pacaembu

Foto: VIPCOMM/Marino Azevedo/Divulgação
A torcida do Flamengo deitou e rolou em cima de Ronaldo no jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. No Maracanã, o repertório de músicas contra o camisa 9 corintiano foi vasto, sempre com o tema voltado para o episódio em que o jogador foi flagrado num motel no Rio de Janeiro com travestis. Deu certo, ele não fez gol e, agora, a torcida do Corinthians prepara a sua vingança. Uma faixa com a imagem de Adriano de chifres deverá ser apresentada quarta-feira, no Pacaembu, no jogo de volta, com palavras pejorativas contra a sua ex-noiva Joana Machado.

Nesta segunda-feira, Adriano participou do treinamento na Gávea, depois de episódios nada confortáveis depois do jogo com o Corinthians. Ele faltou sábado, mas compareceu domingo, quando foi flagrado pelas câmeras urinando na beira do gramado do Ninho do Urubu.

Por sua ausência, Adriano será multado, segundo a diretoria, mas essa será a atitude mais drástica no momento. A presidente Patrícia Amorim trata o jogador como um funcionário comum ao tomar uma decisão burocrática, mas sabe de sua importância para o time num momento decisivo da temporada.

"Adriano é um ídolo, querido pelo elenco e pela presidente, será sempre bem-vindo na casa dele. Ele é indispensável ao Flamengo", disse Patrícia. "Essa decisão (de multar) foi em respeito à nação, aos sócios e, principalmente, aos funcionários. Qualquer um seria punido da mesma forma. Não há perseguição nem nada diferente. No Brasil inteiro é assim".

Entre tantas turbulências que se seguiram, Patrícia confia no desejo do grupo em completar um ciclo vitorioso com a camisa do Flamengo. Muitos já conquistaram Cariocas, uma Copa do Brasil e um Campeonato Brasileiro, participaram de duas Libertadores, mas passaram em branco, caindo nas oitavas de final.

"Essa partida contra o Corinthians é importante para a consolidação de um grupo vencedor. Confio nesse time, somos os melhores do Brasil e os jogadores reagem bem a um momento de pressão, entram para decidir", afirmou Patrícia, que vai marcar presença no Pacaembu para acompanhar de perto o jogo do ano.

Fonte: esportes.terra.com.br
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »