04/05/2010 às 09h45min - Atualizada em 04/05/2010 às 09h45min

No duelo das melhores defesas, Tricolor precisa vencer Universitario para passar

Visitante joga por triunfo ou empate com gols. Novo 0 a 0 leva para pênaltis

As duas melhores defesas da Libertadores voltam a se enfrentar nesta terça-feira, às 19h30, no Morumbi: com apenas dois gols sofridos cada, São Paulo e Universitario brigam pela vaga nas quartas de final. O dono da casa precisa de uma vitória simples.O visitante trabalha com um empate com gols ou um triunfo. E novo 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

O elenco são-paulino valoriza o adversário, mas também não foge do favoritismo natural de decidir a vaga em casa.

- O São Paulo é favorito sim e temos que fazer por onde merecer a vitória. Na Libertadores cada jogo tem seu grau de dificuldade. Muitos questionam nosso adversário, mas é o time que menos tomou gols na competição, assim como nós. Tem suas qualidades. Vai ser um jogo truncado, pois o oponente defende bem, então acho que vão nos esperar nos contra-ataques - analisou Miranda.

O técnico Ricardo Gomes também elogia o time peruano, mas não acha que o oponente jogará retrancado. Pelo que o comandante conseguiu estudar do Universitario, a zaga são-paulina também terá trabalho no Morumbi.

- O Universitario tem uma estrutura de jogo baseada na defesa, é verdade. Mas apesar dos números favoráveis neste setor, o time não joga somente atrás. Na partida de ida vimos um jogo direto, buscando a recuperação da segunda bola, com atacantes brigando, diferente do que vemos no Brasil - analisou o treinador.

Cicinho praticamente confirmado

Cicinho, que havia sofrido uma luxação no ombro direito, era dúvida para esta partida. Mas treinou sem problemas nos últimos dias e se colocou à disposição para a partida. O treinador só não confirmou a escalação do lateral por precaução. O atleta será liberado em uma avaliação final pouco antes do jogo, mas dificilmente não jogará.

A outra novidade na equipe é Junior Cesar, que ficou com a vaga do expulso Richarlyson. Gomes não confirmou a escalação, mas vai manter o ataque com o Washington e Dagoberto, tendo em Fernandinho uma opção de variação durante o jogo.

- A variação continua e estamos começando a ganhar com ela. No último jogo tivemos Dagoberto e Washington, mas o meio é que não foi tão bem - justificou o comandante.

Confiança e mesmo time

O técnico Juan Reynoso não fará modificações na equipe que enfrentou o São Paulo no Peru. E os jogadores estão confiantes de que conseguirão um bom resultado no Morumbi. Principalmente porque a equipe peruana ainda não foi derrotada na Libertadores deste ano.

- Estas partidas são assim, muito disputadas. Quem pensa que o São Paulo vai passar por cima de nós está enganado. Seguimos invictos e confiantes - ressaltou Hernandes, que ficará no banco nesta terça.

Fonte: globoesporte.com



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »