26/04/2010 às 11h37min - Atualizada em 26/04/2010 às 11h37min

Desabrigados do Bumba aindanão ocupam novos apartamentos

Eles ganharam 93 imóveis, mas ainda precisam de alguns documentos

Foto por Carlos Magno/Divulgação
O governador do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e o ministro das Cidades, Márcio Fortes entregaram na tarde de domingo (25) as chaves dos 93 apartamentos, no condomínio Várzea das Moças, Niterói, região metropolitana, aos desabrigados pelas chuvas do morro do Bumba. No entanto, por volta das 10h20 desta segunda-feira (26), nenhuma família contemplada havia ocupado os imóveis. No local estavam apenas um porteiro e dois pedreiros.

Segundo o governo do Estado, as famílias começarão a habitar as novas unidades a partir de segunda-feira, mas antes alguns moradores comparecerão ao posto de emissão de documentos, instalado pela prefeitura de Niterói, para obtenção de documentos perdidos durante as enchentes.

Os apartamentos, cuja ocupação foi definida por sorteio, possuem dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. O condomínio dispõe de duas unidades térreas adaptadas para portadores de necessidades especiais, bem como 39 vagas garagem, não autônomas.

Os imóveis, avaliados em R$ 50 mil cada, são distribuídos em três blocos, com quatro pavimentos cada. Os moradores contarão ainda com guarita de segurança, centro de convivência e play ground. Os novos residentes não pagarão prestações, que serão subsidiadas pelo governo do Estado. Todos os apartamentos foram mobiliados com fogão, geladeira, máquina de lavar, sofá, cama e televisor.
O condomínio, localizado na Estrada Velha de Maricá, 9780, foi construído com recursos do governo federal, inicialmente voltados ao Programa de Arrendamento Familiar. Após negociação com a Caixa Econômica, o secretário de Habitação de Niterói, Marcos Linhares, sugeriu ao Estado que o empreendimento do PAR migrasse para o programa Minha Casa, Minha Vida, a fim de prover o caráter emergencial das famílias.

A Caixa Econômica esclarece que as 45 famílias candidatas ao PAR serão prioritariamente remanejadas para vagas em outros condomínios e novos empreendimentos, que totalizam 2.000 unidades habitacionais em análise.

Os novos moradores aprovaram a iniciativa. Entre eles, está Leda Borges, que morou no morro do Bumba por seis anos.

- Eu estou muito feliz e ansiosa pra ver meu cantinho. Eu estava no abrigo da Prefeitura quando recebi a ligação da assistente social. Foi uma surpresa muito boa, não vejo a hora de recomeçar minha vida.

Ainda durante o evento, Sérgio Cabral anunciou a compra de três áreas do Exército, com investimento de 46 milhões do Tesouro do Estado, para a construção de habitações do programa Minha Casa, Minha Vida, destinadas aos desalojados de Niterói e São Gonçalo, também na região metropolitana.

Cabral enfatizou que assinará, durante a próxima semana, o repasse de verbas do Aluguel Social, programa que faz parte do investimento de 30 milhões anuais em habitação.

Fonte: R7

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »