20/04/2010 às 09h22min - Atualizada em 20/04/2010 às 09h22min

Apesar de proposta europeia de R$ 19 milhões, Caio fica no Botafogo

Empresário tranquiliza dirigentes e decide manter atacante do clube pelo menos até o fim de 2010

Ao mesmo tempo em que vibra com seus gols e lances decisivos, o Botafogo se preocupa com o assédio a Caio. Recentemente, chegou até os representantes do jogador uma proposta de um clube italiano no valor de 8 milhões de euros, o equivalente a quase R$ 19 milhões, o que supera os cerca de 6 milhões estabelecidos na multa rescisória no contrato que vai até 31 de dezembro de 2014.

Apesar da apreensão que chegou a tomar conta dos dirigentes do Botafogo, o empresário Reinaldo Pitta, que cuida dos interesses de Caio, garantiu que o jogador será mantido até, pelo menos, o fim de 2010. A ideia é observar o desempenho do atacante no Campeonato Brasileiro, confirmando, ou não, as grandes expectativas depositadas.

Caso houvesse a negociação, o Botafogo teria mais a lamentar do que a comemorar possíveis lucros. De acordo com o estabelecido em contrato, representante e jogador têm direito a 60% dos direitos econômicos, enquanto a Companhia de Participações Esportivas – conhecida como fundo de investimento – detém os outros 40%. E é em cima desta porcentagem minoritária que o clube receberia 20% em cima de uma possível negociação.

Recentemente, os valores do contrato de Caio foram renegociados. Com isso, o jogador ganhou um aumento salarial considerável, mas continua a ser uma quantia das mais baixas se for levada em consideração a folha de todo o elenco.

Fonte: globoesporte.com

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »