20/04/2010 às 09h07min - Atualizada em 20/04/2010 às 09h07min

Cúpula tricolor condena reclamações de Washington

Assim como colegas do grupo, diretoria do São Paulo classifica postura do avante como irresponsável

FOTO POR ERNESTO RODRIGUES/AGÊNCIA ESTADO/AE
Em busca de uma vitória por pelo menos dois gols de diferença para assegurar vaga na decisão do Campeonato Paulista, o técnico Ricardo Gomes optou pela escalação de Dagoberto e Fernandinho nas pontas, em detrimento de Washington, artilheiro do time no ano. Após a derrota por 3 a 0, a consequente eliminação e a entrada tardia em campo, o atacante não resistiu e fez questão de demonstrar toda sua indignação.

Logo depois do término do clássico contra o Santos, o camisa 9 declarou publicamente não ter entendido a reserva e achar que sua entrada ocorreu num momento já impróprio do jogo. O desabafo soou mal junto aos companheiros e à diretoria, que o repreenderam e alegaram falta de respeito e espírito de equipe. "Eu também não ficaria feliz em ser barrado, mas faria diferente, não sairia falando, eu trabalharia para mostrar que posso jogar", incitou Richarlyson.

Um dos mais descontentes com o posicionamento do "Coração Valente" foi o superintendente de futebol Marco Aurélio Cunha, que classificou a atitude como irresponsável. "Um jogador do gabarito dele, da experiência dele, não pode tomar essa atitude. Esse caso foi passado ao presidente, que certamente tomará a atitude necessária, seja verbalmente, seja mexendo no bolso. Ele precisa e vai entender que aqui as coisas são diferentes. Não foi a primeira vez que ele fez isso", cravou.

Diante do clima pesado criado no grupo após o episódio, é possível que Washington sequer seja escalado para a partida contra o Once Caldas, que vale a classificação do São Paulo às oitavas de final da Copa Libertadores. A postura mostrada depois do dérbi pode ser equiparada à do primeiro turno do Brasileirão 2009. Na ocasião, o treinador Ricardo Gomes optou por escalar Borges e deixar o camisa 9 no banco em alguns compromissos.

Ouça trechos da polêmica entrevista de Washington com o repórter JP Marcello Lima.

FONTE: Jovem Pan Online.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »